IA deve movimentar US$ 1,2 trilhão em 2018
Estimativa do Gartner aponta crescimento de 70% em relação ao ano anterior
16 Maio 2018  |  15:42h
Data:
Cidade:
O valor global de negócios derivados de Inteligência Artificial (IA) será de US$ 1,2 trilhão em 2018, segundo estimativa do Gartner, cifra que representa aumento de 70% em relação a 2017. A previsão é de que o setor de IA movimente US$ 3,9 trilhões em 2022. "A Inteligência Artificial promete ser a classe mais disruptiva de tecnologias durante os próximos 10 anos devido aos avanços no poder, volume, velocidade e variedade de dados, assim como avanços nas redes neurais profundas (DNNs)", diz John-David Lovelock, vice-presidente de pesquisas do Gartner. O crescimento do valor de negócios de Inteligência Artificial mostra o padrão típico de curva em formato de ´S´, associado com uma tecnologia emergente. Em 2018, a taxa de crescimento é estimada em 70%, mas vai desacelerar. Após 2020, a curva diminuirá, resultando em um crescimento em um ritmo mais lento nos próximos anos.

Há três motivos diferentes que devem contribuir para esse resultado, incentivando a adoção. Um deles é a oportunidade de melhorar a experiência do cliente. O outro é a possibilidade vendas crescentes de produtos e serviços existentes, e/ou a oportunidade de criar produtos ou serviços novos. Por fim, a redução de custo. "No início da IA, a CX era a fonte principal de valor de negócios derivado, uma vez que as organizações vêm valor no uso de técnicas de IA para melhorar toda interação, com o objetivo de aumentar o crescimento e retenção do cliente. A experiência do cliente é acompanhada de perto pela redução de custo, já que as organizações procuram formas de utilizar Inteligência Artificial para aumentar a eficiência de processo e aperfeiçoar a tomada de decisão e automatizar mais tarefas", diz Lovelock. "Entretanto, em 2021, a renda nova se tornará a fonte dominante. Desta forma, a longo prazo, o valor de negócios de IA estará relacionado com possibilidades de novas rendas."
Fonte:
Tags: