A festa do conhecimento na América Latina
Com 29 cases reconhecidos, Prêmio Latam reforça seu protagonismo no desenvolvimento do mercado
12 Maio 2017  |  12:18h
A - A +
Data:
Cidade:
Com o auditório completamente tomado por profissionais de vários países da América Latina, a festa de entrega dos troféus do 6º Prêmio Latam foi mais uma prova da excelência do mercado de gestão de clientes na região. Realizado na noite de ontem (11), em Bogotá, no Congresso Andino, a premiação reconheceu com troféus de ouro, prata e bronze 29 cases de empresas do Brasil, México, Colômbia, Argentina e Paraguai. "Essa edição do prêmio reafirma sua importância e contribuição para o desenvolvimento do conhecimento em experiência do cliente na América Latina", afirmou Ana Karina Quessep, diretora executiva da Acdecc - Asociación Colombiana de Contact Centers & BPO e atual presidente da Aloic - Alianza Latinoamericana de Organizaciones para la Interacción con Clientes, entidade responsável pelo prêmio.

Do Brasil, as empresas vencedoras foram Call Contact Center com ouro; Atento, Flex e Sodexo com prata; além de VMX com bronze. E o que se viu foi uma felicidade muito grande de toda a delegação brasileira, não só pela conquista, mas também pela possibilidade de intercâmbio internacional, podendo conhecer outras culturas e modelos de negócio. "Estamos mantendo nosso ritmo de liderança regional em conhecimento e um reconhecimento dos próprios especialistas dos países participantes, que votam nos cases", explica Vilnor Grube, vice-presidente da Aloic, Alianza Latinoamericana de Organizaciones para la Interacción con Clientes, promotora do prêmio.

O prêmio reconheceu ainda as empresas Telvista (3), Consejo Ciudadano de la Ciudad de Mexico, Best Day Travel Group (2), Hoteles City Express, Alestra pelo México; Getcom (2), Allus (2), Mitrol, Emtelco, America BPS e Atlantic International BPO pela Colômbia; Allus (3), Atento (2) e DDM Intercation Marketing pela Argentina; e Wisdom Product Saeca e Consultora Integral para el Desarrollo Empresarial pelo Paraguai. No total, 22 troféus foram entregues (confira abaixo a lista completa). No ranking por país, México e Colômbia ficaram com oito troféus, seguido de Argentina com seis, Brasil com cinco e Paraguai com três, incluindo o de Executivo do Ano. Uma das novidades deste ano foi justamente a participação do Paraguai, o que elevou o número de concorrentes - ao todo foram mais de 40 cases inscritos -, e ao mesmo tempo ampliou o número de jurados participantes, chegando agora a 25. A auditoria, nesta edição, foi feita a PwC.

A entrega do Prêmio Latam se transformou no ápice da festa, neste ano, coincidindo com o encerramento do Congresso Andino, que teve um público de mais de 1,5 mil profissionais. Após a festa, a entidade promoveu um jantar de confraternização com os vencedores e convidados, envolvendo inclusive os nove parceiros da Aloic. Também foi anunciado que a próxima edição será na Argentina, em 2018.

O prêmio internacional de reconhecimento das melhores práticas do mercado foi criada pela Aloic, entidade formada pela ClienteSA (Brasil), Clienting Group (Argentina), Associação Colombiana de Contact Center (Colômbia) e Instituto Mexicano de Telesserviços (México). Realizado anualmente, ele reconhece as melhores práticas em relacionamento com cliente dos países-membro. Os cases são avaliados por um Corpo de Jurados, formado por especialistas do setor dos quatro países. As empresas brasileiras pré-classificadas para participarem são as vencedoras do Prêmio CIC Brasil e as que recebem o troféu de Destaque do Ano no Prêmio Nacional de Teleserviços, da ABT.

Cobertura TVip Callcenter


Fonte:
Tags:
Comentários

As opiniões expressas nos comentários são de única e exclusiva responsabilidade de seus autores e não expressam a opinião deste site. Comentários ofensivos ou que violem a legislação vigente serão suprimidos.


* seu e-mail não será publicado.

Enviar Comentário